Você tem tido mais tempo durante esse período do Covid-19? Talvez tenha menos coisas para fazer, não esteja tendo aulas? Talvez também a sua rotina continue praticamente normal.

Muito tem se falado sobre o uso do tempo desse período em que estamos, mesmo se saímos para trabalhar, mais em casa. É tempo de investir no relacionamento familiar, de fazer cursos, de aprender uma nova língua, desenvolver uma nova habilidade. Nós também acreditamos que, apesar de ser de fato um tempo de lamentação e cuidado, temos uma oportunidade diferente como cristãos e como igreja. Também por isso temos falado sobre essas oportunidades no nosso blog e liberamos acesso gratuito a dois módulos do Desperta ONLINE.

No entanto, este tempo é um tempo difícil. É um tempo em que a igreja vive um “exílio”, fica sem se reunir presencialmente. Não podemos estar com pessoas que amamos, não podemos sair às ruas como gostaríamos, e convivemos com as tristes notícias do avanço da pandemia e, quem sabe, com a dor e o medo de ter pessoas próximas a nós atingidas. Não é sempre fácil aproveitar oportunidades e investir no futuro quando o presente é tão difícil.

Ao separar o povo de Israel para si e formar com ele uma aliança, Deus os ordenou algo que hoje nos parece muito simples e normal, mas que é extraordinário:

“Trabalharás seis dias e neles farás todos os teus trabalhos, mas o sétimo dia é o sábado dedicado ao Senhor teu Deus. Nesses dias não farás trabalho algum, nem tu, nem teus filhos ou filhas, nem teus servos ou servas, nem teus animais, nem os estrangeiros que morarem em tuas cidades.” Êxodo 20.9-10

A ideia de descansar um dia na semana não parece nada absurda, certo? Pois num tempo e situação onde o trabalho provê o sustento do próprio dia, e não há garantias sobre os dias seguintes, descansar está geralmente fora de cogitação. Deus ainda inclui na sua ordem os servos e até mesmo os animais, ou seja: não somente tu terás descanso, mas todos em tua casa.

Deus conhece as nossas necessidades, mas também sabe como somos ambiciosos e como muitas vezes, se dependermos de nós, não descansaremos. Através desse mandamento, Deus faz duas grandes coisas:

  • Lembra ao seu povo de que, por mais que trabalhem, o seu sustento e provisão vem de Deus. Se o povo aprende a descansar, é porque aprendeu a confiar no Senhor e não nas suas próprias capacidades.
  • Testemunha aos povos ao redor da sua bondade. Nenhum outro povo podia imaginar parar de trabalhar por um dia na semana. Assim, quando os israelitas descansavam, testemunhavam o poder e bondade do Senhor aos outros povos.

Jesus Cristo chamou a Ele todos os “que estão cansados e sobrecarregados”, pois lhes dá descanso (Mt 11.28). Jesus novamente nos chama a Ele nesse tempo difícil. Talvez, em primeiro lugar nesse tempo de caos, precisemos encontrar descanso em Jesus, e lembrar do seu cuidado e da sua provisão.

Deste modo, testemunhamos ao mundo a bondade de Deus, como o povo de Israel foi chamado a fazer. Esse descanso não é um que zomba daqueles que estão com medo e em pânico, mas os chama para perto, para a paz que excede todo entendimento. Também não é uma paz que se apoia no livramento da doença e do sofrimento, mas que consola e enxerga as coisas da perspectiva da eternidade, e não só do passageiro.

Por mais que tudo isso contrarie às nossas intuições, por vezes nos inserimos na história e na missão de Deus no mundo dessa forma inesperada: descansando. Anunciamos assim a única paz verdadeira ao mundo que carece dela, e testemunhamos assim da boa notícia, o Evangelho.

“Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará os seus corações e as suas mentes em Jesus Cristo.” Filipenses 4.6-7

Daniel Deggau

Por Missão Zero

quarta-feira, 29 abril 2020
Mais da MZ
Deus capacita os disponíveis

Deus capacita os disponíveis

Se você parar pra pensar, a maioria das tarefas realizadas que se tornam extraordinárias, ou até mesmo “ordinárias”, não são realizadas por alguém com um chamado especial pra isso, mas sim por alguém que se colocou à disposição.

ler mais

Por que plantar igrejas?

Na Grande Comissão, Jesus não somente convoca seus discípulos para fazerem outros discípulos, mas diz para que façam discípulos, batizem e ensinem. Os desafios evangelísticos do Novo Testamento não são simplesmente para compartilhar a fé, mas são chamados para a plantação de igrejas.

Deus capacita os disponíveis

Se você parar pra pensar, a maioria das tarefas realizadas que se tornam extraordinárias, ou até mesmo “ordinárias”, não são realizadas por alguém com um chamado especial pra isso, mas sim por alguém que se colocou à disposição.

Qual a principal função da laranjeira?

Organismos vivos saudáveis nascem, crescem, amadurecem e frutificam (ou se multiplicam). Assim sendo, Igrejas saudáveis se reproduzem. Líderes saudáveis reproduzem outros líderes. Discípulos saudáveis e maduros se reproduzem na vida de outros discípulos.

Ferro com ferro

Muitos líderes têm medo do discipulado porque ele exige vulnerabilidade e transparência, e vulnerabilidade é a chave para a conexão. É impossível manter os discípulos à distância e discipulá-los ao mesmo tempo. Ou você permite que eles observem você de perto ou você renuncia à sua responsabilidade como pai ou mãe espiritual.

Um certo Teodorico

O discipulado que Jesus praticara seria o modelo de ministério que todos deveriam considerar. Este seria a chave para alcançar todas as pessoas, em todos os lugares e em todos tempos. As outras atividades que se praticassem, por melhor que fossem, seriam acessórias e secundárias.

Isso não é onda, é Real!

Participar da obra redentora de Deus é um privilégio, e este privilégio é dado a todos a quem Deus revela Seu amor. Se o amor de Cristo alcançou você, é porque alguém anunciou as boas novas do evangelho para você, alguém respondeu ao amor recebido de Deus de uma forma prática.

Não é sacrifício, é privilégio!

Nós podemos aprender lições preciosas com as igrejas da Macedônia. Para essas igrejas, ofertar e investir na causa do reino de Deus não era um sacrifício, mesmo que representasse um esforço enorme e um desprendimento admirável. Ainda assim, não se travava de um sacrifício, mas um privilégio!

Alegrias em ser uma Comunidade mãe

A Alegria de encontrar um propósito para além de si mesmo. Perceber que a fé é um ato multiplicador na vida de pessoas, mas também de novas igrejas. Não é fácil, dá muito trabalho. Mas a cada nova pessoa há uma nova alegria.

A responsabilidade de uma Comunidade mãe

Plantar novas igrejas é a própria natureza da igreja de Jesus, é o testemunho histórico do cristianismo. Novas igrejas trazem vitalidade e ânimo, bem como cooperam para o cumprimento da grande comissão.

Passos para se tornar uma Comunidade mãe

Uma nova comunidade pode ser mais leve, ágil, adaptável e penetrar em novas áreas ou públicos com maior facilidade. Ampliando nosso horizonte vamos compreender que igrejas diferentes alcançam pessoas diferentes, em lugares diferentes.

A Comunidade mãe e sua importância

Toda comunidade saudável tem a capacidade de ser uma comunidade mãe. Talvez mais do que isso, pelo compromisso de levar o evangelho a todas as pessoas, em todos os lugares, tenham o dever de ser comunidade mãe, ou pelo menos participar ativamente da plantação de novas comunidades.

Vida e trabalho em missão

Ore ao Pai pelas oportunidades de compartilhar em seu local de trabalho. Procure oportunidades de compartilhar as verdades do evangelho durante seu dia de trabalho.

Qual a principal função da laranjeira?

Qual a principal função da laranjeira?

Organismos vivos saudáveis nascem, crescem, amadurecem e frutificam (ou se multiplicam). Assim sendo, Igrejas saudáveis se reproduzem. Líderes saudáveis reproduzem outros líderes. Discípulos saudáveis e maduros se reproduzem na vida de outros discípulos.

ler mais

#somosME

O Encontrão nasceu como um movimento e quer continuar assim. Para que isso aconteça, a sua participação é essencial. Entre com contato e faça a sua doação.

Newsletter

Assine e fique por dentro de tudo o que acontece no ME.

[egoi-simple-form id="213034"]

Siga-nos

e tenha atualizações regulares, em tempo real.