Quero convidar vocês que estão lendo este artigo para participarem de uma aventura extraordinária através do discipulado. Após a experiência de receber Jesus como Senhor e Salvador, fui convidado a participar de um discipulado, e este foi decisivo no desenvolvimento de um novo estilo de vida.

“Deus tanto amou o mundo que deu seu filho único, para que todo o que nele crer não morra, mas tenha a vida eterna” (João 3.16). Não é difícil entender por que este versículo é um dos mais famosos, mais memorizados e mais queridos da Bíblia. Incluídas nele estão as maiores realidades que existem: Deus, amor, o mundo, o Filho de Deus, fé, morrer para sempre, viver para sempre, e, enfim, todo aquele, ou seja, você e eu.

O que poderia ser mais importante do que todas essas coisas? O que poderia ser mais relevante para você e eu agora? O que poderia ser mais urgente do que sabermos onde estamos em relação ao que Deus diz nesse texto?

Diante dessas e outras perguntas o discipulado quer possibilitar uma conversa, uma reflexão sobre essa proclamação interminável, inflexível e imutável da forma mais extrema de amor. O discipulado é uma mensagem de esperança do Espírito do Deus vivo para os nossos corações e almas. O discipulado é um convite para um relacionamento diferente de qualquer outro que possamos experimentar.

O discipulado é algo que nós aprendemos do próprio ministério de Jesus. O discípulo poderá ser uma pessoa que está iniciando sua caminhada de fé ou, então, alguém que já faz parte da igreja, mas que até então não teve a oportunidade de passar por um processo de discipulado.

As palavras de Jesus na grande comissão, em Mateus 28.19-20, são palavras de comando à Igreja. Aqui se resume o que Jesus espera que seus seguidores fizessem em sua ausência. Entretanto, o chamado de fazer discípulos ainda permanece o mesmo. A pergunta que não pode calar em meio a Igreja é: somos somente bons em ajuntar as pessoas uma vez por semana nas celebrações, nos diferentes ministérios organizados por uma comunidade e até mesmo nos Pequenos Grupos/Células, ou de fato estamos comprometidos em cumprir a ordem de Jesus, a qual nos foi dada? “Vão e façam discípulos, batizando-os e ensinando-os”.

Para o cumprimento dessa ordem, precisamos estar comprometidos num evangelismo discipulador. Ou seja, o novo discípulo precisa ser conduzido a um pequeno grupo/célula, grupo que tenha um propósito em comum, que é a evangelização, edificação, ministério e multiplicação. 

É fundamental estarmos conectados em Cristo ao lado de pessoas treinadas e com unção do Espírito Santo, ou seja, pequenos grupos/células com líderes treinados e cheios do Espírito Santo. Os cristãos da igreja primitiva se reuniam em suas casas para terem comunhão “uns com os outros”, para ministrarem orações uns pelos outros, para comerem juntos e para compartilharem a Palavra. Não se reuniam apenas para estudar ou ouvir alguém dando sermões. Tudo o que faziam era parte do novo estilo de vida gerada por Cristo em suas vidas. (Atos 2.42-43).

A comunhão da Igreja era intensa e agradável. Dia a dia novas pessoas iam sendo atraídas e se juntavam a este novo estilo de vida (Atos 2.46-47).

Estou há 18 anos no pastorado. Tenho buscado viver O Novo de Deus em uma Igreja comprometida com a missão. Para facilitar o engajamento de todas as pessoas, contamos com um programa ministerial (Rota de Treinamento), cuja intenção é que a igreja venha a desenvolver seus dons a partir dos ministerios organizados pela Igreja local. A meta é ter 80% dos membros envolvidos ao menos em uma atividade semanal a partir do ministério no qual ela está integrada.

Valmir Ropke

Por Missão Zero

quarta-feira, 26 agosto 2020
Mais da MZ

Missão em um Parágrafo – Iguatu

Nossa sociedade precisa de mais referenciais da glória e do caráter de Deus. Nossa missão, em Iguatu/CE, é amar, conectar e cuidar de pessoas, refletindo o caráter de Cristo.

ler mais

Missão em um Parágrafo – Caminho

O ministério “Trilhando a Caminho” quer ser uma ponte que liga pessoas e as conecta, enquanto trilha os morros da capital gaúcha.

Missão em um Parágrafo – Iguatu

Nossa sociedade precisa de mais referenciais da glória e do caráter de Deus. Nossa missão, em Iguatu/CE, é amar, conectar e cuidar de pessoas, refletindo o caráter de Cristo.

Missão em um Parágrafo – Treze Tílias

Saiba mais sobre os pequenos grupos, do projeto de plantação de igrejas, em Treze Tílias/SC. É muito bom ver o mover de Deus!

Missão em um Parágrafo – Parnaíba

Saiba um pouco sobre os primeiros cinco meses deste novo projeto de plantação de igrejas em Parnaíba, Piauí.

Deus tem alcançado o povo Bara

Deus tem alcançado o povo Bara de diversas formas. Leia sobre as conversões que aconteceram através de um professor. Ore por esse ministério, pelos missionários e pelo povo Bara.

Newsletter – 1º Trimestre 2022

Seguem notícias do 1º trimestre de 2022: Início de novas turmas no Programa Multiplique, novo projeto de plantação de igrejas em Parnaíba/PI e a Campanha de Ofertas 1 + 1 = Muitos.
Saiba mais!

Retornando para Madagascar

“Quem sabe não foi justamente para uma ocasião como esta que você chegou à posição de rainha?” ‭‭Ester‬ ‭4:14‬

A família Basso voltou para Madagascar.
Nas últimas notícias eles falam sobre a fidelidade no chamado e como sentem-se em casa e felizes pelo retorno.
Também contam sobre a renovação do visto, reuniões, sua chegada na capital, após a passagem de um ciclone, a ajuda para entrega de alguns alimento para as vítimas atingidas, podendo anunciar as boas novas.
Havia a possibilidade de novo ciclone, mas que não foi para a capital, porém destruiu vilas ao Sul.

Clique aqui e leia a carta na íntegra, que está repleta de detalhes!!!

Somente a Graça

Quando a mensagem dos reformadores começou a ecoar no norte do velho continente, homens e mulheres se viram desafiados a lançarem mão de suas estruturas societais como meios salvíficos para retornarem ao centro da simples e poderosa mensagem do Evangelho de Jesus Cristo – a salvação é concedida somente pela graça Divina, por meio da fé em Cristo.

Somente Cristo

A igreja tem a dádiva e a tarefa de zelar para que, em todos os tempos, o nome de Jesus Cristo continue sendo proclamado de como o único nome – somente Cristo – que tem o poder de redimir o mundo todo que “que está debaixo do poder do Maligno” (1 Jo 5.19).

Somente a Escritura

Assim como nossos pesos e medidas dependem de uma medida padrão, todo ensino na igreja precisa ser aferido na Sagrada Escritura. Todo sermão deve ser conferido pelo ensino da Bíblia. O que não está em sintonia com ela, não é palavra de Deus para nós.

Somente a Fé

Só quem experimentou o amor pode falar dele e vivê-lo. Por isso, confiar que Deus nos ama torna-nos testemunhas desse amor. Conhecer e experimentar o amor de Deus nos compromete a fazer o mesmo lá onde nossa vida acontece. Por isso o apóstolo escreve que “Somos embaixadores em nome de Cristo, como se Deus exortasse por meio de nós”.

A Missão Zero terá uma alteração importante na forma de trabalho. Multiplicamos! Contamos agora com uma equipe mais ampla de pessoas muito bem qualificadas no que fazem, e que viverão o ministério covocacionado também na secretaria da MZ. Saiba mais sobre esses Novos Rumos por meio do vídeo e do informativo que preparamos.

#somosME

O Encontrão nasceu como um movimento e quer continuar assim. Para que isso aconteça, a sua participação é essencial. Entre com contato e faça a sua doação.

Newsletter

Assine e fique por dentro de tudo o que acontece no ME.

[egoi-simple-form id="213034"]

Siga-nos

e tenha atualizações regulares, em tempo real.